RJ: Alerj revoga venda da Cedae e vice de Witzel critica

Claudio Castro afirmou que "o maior risco é da população"

Pleno.News - 06/12/2018 07h36

Alerj revoga venda da Cedae Foto: Divulgação

Será promulgada nesta quinta-feira (6) a retirada da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) do plano de Regime de Recuperação Fiscal (RRF). A decisão foi tomada em sessão plenária, nesta quarta-feira, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Os parlamentares decidiram derrubar o veto do governador Luiz Fernando Pezão (MDB). O vice-governador eleito, Claudio Castro (PSC), declarou, logo após a decisão, que a “alerj põe em risco a permanência do estado no RRF”. Ele também falou das intenções do novo governo.

– Decisão da Assembleia é soberana e diz o sentimento do Parlamento. Nosso trabalho é não sair do regime no dia primeiro de janeiro. Reiteramos que não temos o interesse de privatizar. O grande risco não é do governo, é da população. Hoje foi gerado o risco para ela – apontou.

Segundo o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), o governador em exercício, Francisco Dornelles, irá à Justiça para reverter a decisão.

 

LEIA TAMBÉM+ Liminar de juíza do Trabalho proíbe venda da Cedae
+ Juíza do Rio suspende privatização da Cedae
+ Cedae: Liminar que suspendia privatização é cassada


Clique para receber notícias
WhatsApp
Envie sugestões por WhatsApp
+55 (21) 97150-9158