Leia também:
X Manifestantes protestam com fogo na Marginal Tietê, em SP

Rio prevê até prisão para quem violar restrições contra a Covid

Detenção pode variar de um mês a um ano e multa é de R$ 562,42

Thamirys Andrade - 23/03/2021 13h08 | atualizado em 23/03/2021 13h44

Rio e Niterói terão serviços não essenciais paralisados durante o feriadão Foto: Wikimedia

As novas medidas de restrição anunciadas pela Prefeitura do Rio preveem prisão de até um ano e multa de R$ 562,42 para quem violar as regras. O texto se baseia no artigo 268 do Código Penal, que considera crime desrespeitar “determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”.

Donos de bares e restaurantes que se recusarem a fechar também poderão ter seus estabelecimentos interditados e o alvará cassado.

O novo decreto, publicado em edição extra do Diário Oficial na noite de segunda (22), estabelece o fechamento de serviços não essenciais durante o feriadão de dez dias, que vai desta sexta-feira (26) até domingo (4).

Saiba quais serviços possuem autorização para funcionar.

Leia também1 Rio e Niterói fecharão bares, escolas e shoppings por 10 dias
2 Veja o que abre e o que fecha no "feriadão" no Rio e em Niterói
3 Carreta carregada de oxigênio tomba na Serra de Petrópolis
4 Chefes dos 3 Poderes se reunirão no Planalto nesta quarta-feira
5 Pandemia: Região do ABC decide antecipar feriados municipais

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.