Leia também:
X Maia quer reformular critérios de estabilidade de servidores

Rio: Jovem morta a caminho da igreja levou 10 tiros

Ela estava com o filho no colo quando foi atingida

Gabriela Doria - 15/08/2019 21h32

Margareth Teixeira estava indo para a igreja quando foi morta Foto: Reprodução

Peritos confirmaram que a jovem Margareth Teixeira, de 17 anos, morta na terça-feira (13) em Bangu, no Rio de Janeiro, foi atingida por dez disparos. Margareth estava a caminho da igreja com o filho de 1 ano e 10 meses no colo quando foi levou os tiros.

Ainda de acordo com a perícia, os tiros partiram de uma arma de grosso calibre e alta capacidade de destruição.

– Minha irmã foi reconhecer o corpo e tem dez furos. Para mim não foi bala perdida, foi bala achada mesmo, para ela ter tomado dez tiros não foi bala perdida – afirmou Mariana Costa, irmã de Margareth.

O bebê da adolescente foi atingido de raspão no pé e está internado no Hospital Albert Schweitzer. O estado de saúde dele é estável.

Segundo testemunhas, havia um confronto entre policias e bandidos no momento em que Margareth foi morta. No entanto, a quantidade de perfurações no corpo da vítima pode levar a investigação para outros caminhos.

Margareth, que sonhava se tornar policial militar, será enterrada nesta sexta-feira (16).

Leia também1 Adolescente é morta por balas perdidas a caminho da igreja
2 Polícia acha pelo em arma que matou Anderson do Carmo
3 Bolsonaro troca comando da Superintendência da PF no RJ

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.