Leia também:
X Na JP, Salles diz que Moro é a ‘favor de drogas e comunista’

Remoção do Touro de Ouro gera debate sobre a Cracolândia

Estátua violava a Lei Cidade Limpa

Monique Mello - 24/11/2021 14h51 | atualizado em 24/11/2021 16h31

Estátua de touro foi inaugurada em frente a B3 no dia 16 de novembro Foto: EFE/ Sebastião Moreira

A remoção do Touro de Ouro, do centro da capital paulista na noite desta terça-feira (23), suscitou um debate sobre a Cracolândia, região de São Paulo dominada por traficantes e usuários de drogas. A Cracolândia de São Paulo, inclusive, é a maior feira livre de drogas a céu aberto do país.

Desde que foi instalada na frente do prédio da Bolsa de Valores (B3), em 16 de novembro, a estátua do Touro de Ouro foi vandalizada por diversas vezes, especialmente por grupos ligados a ideais de esquerda.

A Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (SPPU), vinculada à Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento, entendeu que a instalação “sem a devida licença” infringiu os artigos 39 e 40 da Lei Cidade Limpa. Justamente essa relação com a referida lei fez com que internautas protestassem e levantassem o debate.

– Touro de Ouro da Bolsa de Valores de São Paulo sendo retirado […] Será que, na Cracolândia, as licenças estão em dia? – disse uma internauta.

– Sugestão? Coloquem o touro na Cracolândia. Claramente nenhum burocrata se preocupa com o que se passa lá – escreveu o investidor Ricardo Schweitzer no Twitter.

– O touro sujou a rua! Ainda bem que a Cracolândia tem todas as licenças, inclusive as sanitárias! – debochou outro internauta.

Confira algumas opiniões:

Leia também1 Doria anuncia data da liberação do uso de máscaras ao ar livre
2 "Quem diz o que quer tem de ter coragem", afirma Moraes
3 Na JP, Salles diz que Moro é a 'favor de drogas e comunista'
4 Bolsonaro: "Lula não tem mais futuro. Passou o tempo do PT"
5 Moro faz 'malabarismo' em resposta e irrita William Waack

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.