Leia também:
X Maioria da população não apoia impeachment de Bolsonaro

Recuou: João Doria não anuncia as novas medidas restritivas

De acordo com o governador, situação em São Paulo é "gravíssima” e “dramática"

Monique Mello - 17/03/2021 17h20 | atualizado em 17/03/2021 17h45

Doria anunciaria novas medidas de restrições, mas resolveu recuar
Doria anunciaria novas medidas de restrições, mas decidiu recuar Foto: Reprodução/Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) acabou não anunciando as novas medidas restritivas no combate à pandemia.

Na manhã desta quarta-feira (17), Doria havia afirmado a jornalistas que a situação no estado e no país é “gravíssima” e “dramática” e que medidas adicionais de isolamento social terão que ser adotadas.

O governador informou que daria uma entrevista à imprensa logo após reunião com o centro de contingência da Covid-19. No entanto, no início da tarde, o tucano concedeu uma entrevista coletiva, mas sem anunciar as novas medidas restritivas.

Paulo Menezes, coordenador de um grupo de porta-vozes do Centro de Contingência para a Covid-19, defendeu que é preciso esperar para verificar os efeitos das regras.

Desde a segunda-feira (15), foi implementado o plano emergencial no estado de SP, com medidas restritivas, como o toque de recolher das 20h às 5h.

Leia também1 Covid: MP investiga prefeito por distribuir ivermectina em cidade
2 'Preço de alimentos cresceu e não foi por imposto estadual'
3 Covid-19: Prefeito cristão diz que moradores não têm o que comer
4 Favelas: 68% dos moradores não têm dinheiro para comida
5 "O choro é livre", diz Maju sobre lockdown, e internautas reagem

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.