Leia também:
X Live com Zambelli irá desmentir reportagem veiculada pela Globo

Procuradora é agredida por colega de trabalho, em Registro

Caso ocorreu na tarde de segunda-feira

Pleno.News - 21/06/2022 21h02 | atualizado em 22/06/2022 10h52

Procuradora-geral do município de Registro (SP), Gabriela Samadello Monteiro de Barros Foto: Reprodução/TV Tribuna/ G1

A procuradora-geral do município de Registro, interior de São Paulo, Gabriela Samadello Monteiro de Barros, foi agredida pelo também procurador Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos. A agressão aconteceu na tarde desta segunda-feira (20). As informações são da Band.

Demétrius agrediu a colega de trabalho após se revoltar contra a abertura de um processo disciplinar contra ele. Segundo consta no BO, ele a agrediu primeiro com uma cotovelada na cabeça e continuou com socos no rosto. Depois, quando Gabriela caiu continuou a desferir golpes. Ele foi afastado de suas funções e teve os vencimentos suspensos.

Imagens da agressão foram compartilhadas nas redes sociais. O vídeo mostra que colegas tentaram impedir, mas Macedo deu mais um soco no rosto de Gabriela após ela ter se levantado.

Procuradora foi agredida por colega de trabalho, em Registro Foto: Reprodução/G1

O procurador só parou a agressão quando outros dois funcionários conseguiram segurá-lo.

A Prefeitura de Registro emitiu uma nota sobre o caso e informou que está tomando todas as providências necessárias.

– A Prefeitura de Registro manifesta o mais absoluto e profundo repudio aos brutais atos de violência realizados pelo Procurador Municipal contra a servidora municipal mulher que exerce a função de Procuradora-Geral do Município, fatos ocorridos na última segunda-feira (20/6). Que a vítima e sua família recebam toda nossa solidariedade, apoio e cada palavra de conforto e acolhimento. A administração municipal está tomando as providências necessárias e já determinou de imediato que o agressor seja suspenso, nos termos do art. 179, c/c inc. III do art. 180, ambos da Lei Complementar nº 034/2008 – Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Registro, com prejuízo de seus vencimentos, a partir de 21 de junho. Reafirmamos nosso compromisso com a prevenção e enfrentamento a todas as formas de violência, principalmente aquelas que vitimizam mulheres – diz o texto da prefeitura.

Leia também1 Entenda a Lei das Estatais e questões sobre a Petrobras
2 Live com Zambelli irá desmentir reportagem veiculada pela Globo
3 General Villas Bôas deixa cargo de assessor no governo
4 Moraes envia denúncia ao MPE sobre gastos durante motociatas
5 Tarcísio detona ação do PSOL sobre domicílio eleitoral em SP

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.