Leia também:
X Saiba o que Bolsonaro e Moraes conversaram durante jantar

Procuradora comenta prisão de agressor: “Me sinto mais segura”

Gabriela Samadello deu declarações em um vídeo

Pleno.News - 23/06/2022 17h09 | atualizado em 23/06/2022 17h40

Procuradora-geral do município de Registro (SP), Gabriela Samadello Monteiro de Barros Foto: Reprodução/TV Tribuna/ G1

Nesta quinta-feira (23), a procuradora-geral de Registro, Gabriela Samadello, gravou um vídeo para falar sobre a prisão do colega de trabalho que a agrediu. Ela afirmou que está aliviada e se sente mais segura. As informações são do R7.

– Fiquei muito satisfeita com a atuação do Estado, com a celeridade que foi dada. Me sinto mais segura agora. É possível você mudar essa situação de violência, basta a gente ter coragem. Tenho recebido muitas mensagens de apoio de outros mulheres, isso tem sido muito legal. Tem me dado forças para expor essa situação, para poder encorajar cada vez mais pessoas a fazerem o mesmo e assim a gente mudar esse pensamento machista e patriarcal – declarou.

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo, que teve a prisão preventiva decretada nesta quarta-feira (22) por agredir a procuradora Gabriela Samadello Monteiro de Barros, foi detido na manhã desta quinta (23), em São Paulo. A informação foi confirmada pelo governador Rodrigo Garcia (PSDB) nas redes sociais.

A polícia esteve na casa de Demétrius no mesmo dia em que foi decretada a prisão, mas ele não havia sido encontrado. Na manhã desta quinta, os policiais da cidade de Registro, onde o fato aconteceu, voltaram a realizar diligências em busca do procurador, mas ele acabou sendo detido na capital paulista.

A prisão preventiva do procurador foi pedida pelo delegado Daniel Vaz Rocha, que está responsável pelo caso. Rocha apontou que o acusado “vem tendo sérios problemas de relacionamento com mulheres no ambiente de trabalho, sendo que, em liberdade, expõe a perigo a vida delas, e consequentemente, a ordem pública”.

SOBRE O CASO
A agressão de Demétrius contra Gabriela foi supostamente motivada pelo fato de ela ter aberto um processo administrativo contra ele por sua postura no ambiente de trabalho.

A violência aconteceu na última segunda (20), na Prefeitura de Registro, e foi filmada por uma funcionária, que também chegou a ser agredida por Demétrius e empurrada contra uma porta.

O agressor chegou a ser conduzido ao 1° Distrito Policial (DP) do município, mas foi liberado após registro do boletim de ocorrência.

Leia também1 Vídeo: Procurador é detido em hospital psiquiátrico
2 Polícia prende procurador que agrediu a chefe em São Paulo
3 SP: Justiça decreta prisão do agressor de procuradora
4 Agressor de procuradora é suspenso e fica sem salário
5 Procuradora é agredida por colega de trabalho, em Registro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.