Leia também:
X Grupos planejam atos a favor do voto impresso neste domingo

Primas de 4 e 7 anos são mortas na porta de casa em tiroteio

Tragédia aconteceu no Rio de Janeiro

Pleno.News - 05/12/2020 14h51 | atualizado em 07/12/2020 18h39

Primas foram mortas a tiros na porta de casa Foto: Reprodução

Duas meninas, de 4 e 7 anos, foram mortas durante um tiroteio em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na noite de sexta-feira (4). As crianças eram primas e estavam brincando juntas na porta de casa, por volta das 20 horas, quando foram baleadas, uma na cabeça e a outra no abdômen. As duas chegaram a ser levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sarapuí, mas não resistiram aos ferimentos.

Vizinhos relataram ao portal de notícias G1 que um carro da Polícia Militar foi visto na região disparando vários tiros. A PM informou que uma equipe do 15º Batalhão (de Duque de Caxias) estava fazendo um patrulhamento na Comunidade do Sapinho e teria ouvido disparos de arma de fogo. Segundo a PM, no entanto, os agentes não atiraram de volta.

A Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídios da Baixada instaurou inquérito para apurar as mortes e está investigando o caso. Segundo o laboratório de dados Fogo Cruzado, 22 menores de 12 anos foram atingidos por bala perdida na região metropolitana do Rio de Janeiro em 2020, oito deles morreram.

Um dos casos que obteve maior repercussão foi a morte de Anna Carolina de Souza Neves, de 8 anos, atingida por uma bala na cabeça em janeiro quando estava no sofá da própria casa, em Belford Roxo. No mesmo mês, um menino de 5 anos foi baleado na cabeça enquanto acompanhava o pai em um jogo de futebol.

*Estadão

Leia também1 Policial militar é morto ao tentar evitar assalto em cidade do RJ
2 Carrefour: Grupo anuncia fim de terceirização na segurança
3 Ex-boxeadora brasileira é presa suspeita de matar o marido
4 Justiça condena pai que estuprou e matou filha
5 Criança morre depois de cair sobre prato e cortar a garganta

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.