Leia também:
X Flávio confirma que Bolsonaro será entrevistado pelo JN

Prestes a ser cassado por invadir igreja, vereador irá ver o Papa

Petista tem encontro marcado com o pontífice em setembro

Monique Mello - 04/08/2022 18h20 | atualizado em 04/08/2022 18h51

Vereador Renato Freitas (PT) Foto: Rodrigo Fonseca/CMC

Nesta quinta-feira (4), a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovou, em primeira sessão especial, a cassação do mandato do vereador Renato Freitas (PT). Uma segunda sessão especial para votação em segundo turno deverá ocorrer na manhã desta sexta (5). O petista é acusado de quebra de decoro após invadir a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em fevereiro.

No entanto, o vereador tem encontro marcado com o papa Francisco em setembro, o quê, segundo ele, é uma “coincidência da vida”.

– Por uma coincidência da vida, o convite veio justamente no momento em que estou sendo cassado por entrar na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e clamar pelas vidas negras desvalorizadas – contou Freitas.

O encontro de fato não tem nenhuma relação com seu processo de cassação, pois trata-se de um evento intitulado Economia de Francisco, que reúne economistas e líderes para tratarem de uma “nova visão de economia”.

Freitas chegou a ter o mandato cassado no dia 22 de junho. Porém, em 5 de julho, a desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, da Justiça do Paraná, assinou uma decisão que determinou o cancelamento da referida cassação.

As principais alegações contra Renato são: perturbação da prática de culto religioso; entrada não autorizada dos manifestantes e realização de ato político no interior da Igreja do Rosário.

Leia também1 Janones desiste de disputar a Presidência para apoiar Lula
2 Marçal: 'Lula é tão ladrão que tentou me roubar a candidatura'
3 Deolane nega que estará em A Fazenda: 'Tenho que votar, povo!'
4 Projeto que veta "saidinha": Veja quais deputados votaram contra
5 PT adia decisão sobre retirada de apoio a Freixo no Rio de Janeiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.