Leia também:
X Falso mandado de prisão contra Moraes pede para fazer o “L”

Presas mulheres que mataram guia de turismo a facadas no Rio

As duas criminosas foram capturadas na casa de familiares em São João de Meriti, na Baixada Fluminense

Marcos Melo - 06/01/2023 21h05 | atualizado em 09/01/2023 13h02

Presas mulheres que mataram guia de turismo Foto: Reprodução

Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) prenderam, na tarde desta sexta-feira (6), duas mulheres que mataram o guia turístico Daniel Mascarenhas Xavier da Silva. Ele tinha 31 anos e foi assassinado na madrugada de quarta-feira (4) no Centro do Rio de Janeiro.

De acordo com informações da Polícia Civil, as duas mulheres foram capturadas na casa de familiares em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Elas teriam sido agredidas por traficantes do Morro da Providência, onde moravam, e seguido para a casa de parentes, na Baixada.

Ambas confessaram o crime à Polícia e foram conduzidas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, onde receberam atendimento médico. Em seguida, serão levadas para a DHC, também localizada na Barra.

O CRIME
O homem andava tranquilamente, quando duas mulheres, em uma moto, o abordaram e anunciaram um assalto. Daniel entregou a mochila e seu celular, mas logo em seguida reagiu ao assalto e acabou sendo esfaqueado. Mesmo ferido, ele conseguiu recuperar seus pertences e escapar do local. As cenas foram registradas por uma câmera de segurança da área.

Daniel Mascarenhas Xavier da Silva
Daniel Mascarenhas e criminosas Foto: RJ1 TV Globo

A ação dura aproximadamente dois minutos. O que chama a atenção é que enquanto Daniel é gravemente ferido pelas mulheres, um ciclista passa, observa e segue sem qualquer reação. Pelo menos três pedestres observam, mas sem esboçar qualquer ajuda. Um taxista passa pelo local na hora, chega a voltar de ré, mas sai sem prestar socorro e ignora os pedidos de Daniel por ajuda.

Ferido, o guia consegue caminhar mesmo perdendo muito sangue. No vídeo se observa o presença de um indivíduo de camisa azul que pede a faca utilizada no crime e as mulheres entregam. Ele pega a arma branca e vai embora.

Mais tarde, Daniel foi encontrado sem vida na Praça da República, próximo ao local onde foi abordado pelas criminosas e do Hospital Souza Aguiar. A arma e a faca utilizadas na ação foram apreendidas pela polícia.

Daniel Mascarenhas Xavier da Silva
Daniel Mascarenhas Xavier da Silva Foto: RJ1 TV Globo

Leia também1 Guia turístico reage a assalto e é morto a facadas por 2 mulheres
2 Em tentativa de assalto, coronel reage e acaba morto em SP
3 Motociclista reage, toma arma de assaltante e o atinge na perna
4 Entregador reage a assalto, toma arma e atira contra ladrão
5 Policial militar reage a assalto, e criminoso acaba morrendo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.