Leia também:
X Silas Malafaia critica Folha e defende Jair Bolsonaro

Prefeitura do Rio divulga orientações sobre Hepatite A

Favela do Vidigal, na Zona Sul, vive surto da doença

Gabriela Doria - 08/01/2018 21h01 | atualizado em 09/01/2018 11h08

A prefeitura do Rio de Janeiro divulgou uma cartilha, nesta segunda-feira (8), com orientações sobre a prevenção da Hepatite A. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a comunidade do Vidigal, na Zona Sul da cidade, enfrenta um surto da doença e, por causa disso, o prefeito Marcelo Crivella esteve no local.

De acordo com as informações da Secretaria, a doença é causada pelo vírus da Hepatite A e acomete o fígado. Ele é transmitido através de água, alimentos e objetos contaminados com fezes e que entram em contato com boca. Pode ser transmitido também de pessoa para pessoa.

Doença pode ser fatal se não for tratada Foto: Reprodução

Os principais sintomas são febre, pele e olhos amarelados, dor abdominal, mal-estar, falta de apetite, fezes esbranquiçadas, urina escura (semelhante à cor de coca-cola), náuseas e vômitos.

A cartilha indica que, para se prevenir, é preciso beber somente água tratada, cozinhar bem os alimentos, lavar e desinfetar frutas, legumes e verduras, higienizar as mãos antes cozinhar, depois de trocar fraldas ou quando mexer no lixo. É possível também utilizar cloro, água sanitária ou hipoclorito de sódio para desinfetar objetos, móveis de casa, banheiros e chão em geral.

A Secretaria de Saúde lembra ainda que a vacina contra a Hepatite A está disponível em toda a rede hospitalar do município. Rotineiramente é utilizada por crianças dos 15 meses aos 5 anos. Em caso de surto, a população em geral pode ser imunizada.

Leia também1 Prefeitura do Rio anuncia R$ 72 milhões para a saúde
2 Planos de saúde vão cobrir 18 novos procedimentos
3 USP cria aparelho que ajuda a diagnosticar câncer bucal

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.