Leia também:
X Moro participa do programa Conexão Repórter, no SBT

Prefeito de Niterói é preso por desvio de dinheiro de ônibus

Rodrigo Neves foi apontado pelo MP como líder de esquema criminoso

Camille Dornelles - 10/12/2018 07h38

Rodrigo Neves, prefeito de Niterói Foto: Wikimedia

O atual prefeito da cidade de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Ricardo Neves, foi preso pela Polícia Civil nesta segunda-feira (10). Ele foi denunciado por desviar mais de R$ 10 milhões de dinheiro público através de um esquema ilícito.

As investigações apontaram Neves como o líder do grupo que cobrava uma taxa indevida de empresas de ônibus da cidade. Os consórcios deveriam pagar 2% do valor referente às gratuidades de passagens para o ex-secretário de Obras Domício Mascarenhas de Andrade, que repassava o dinheiro a Neves.

A cobrança seria uma forma de acordo para a prefeitura proibir a concorrência de outros meios de transporte coletivo como vans. O MP acusa Neves de atrasar o pagamento do reembolso das gratuidades como forma de pressionar os consórcios a manterem o esquema ilícito.

Além do prefeito pedetista, outros dois empresários foram presos: João Carlos Félix Teixeira, presidente do consórcio TransOceânico e sócio da Viação Pendotiba, e João dos Santos Silva Soares, presidente do consórcio Transnit e sócio da Auto Lotação Ingá. A ação da Polícia Civil faz parte de uma força-tarefa integrada à Operação Lava Jato em conjunto com o Ministério Público.

Leia também1 Petrobras é centro de nova fase da Operação Lava Jato
2 Prisões da Lava Jato diminuem vendas da Ermenegildo Zegna
3 Após decisão de Bretas, iate de Eike Batista irá a leilão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.