Leia também:
X Senador usa ‘cotão’ para comer bacalhau e alugar carro de luxo

Prefeito de Manaus irá armar a guarda ‘com o que há de melhor’

David Almeida afirmou que "pra bandido, pra vagabundo, não se pode dar moleza"

Pleno.News - 17/06/2021 17h56 | atualizado em 17/06/2021 18h52

Prefeito de Manaus, David Almeida Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (17), o prefeito de Manaus, David Almeida, defendeu a necessidade de se armar a Guarda Municipal. A declaração ocorreu após a Assembleia Legislativa do Amazonas aprovar um projeto que arma a guarda municipal.

A medida foi uma resposta após ataques criminosos ocorridos em Manaus no início do mês. Ao comentar a proposta, David Almeida disse que “pra bandido, pra vagabundo, não se pode dar moleza”.

– Eu tinha três guardas municipais lá na Bola das Letras quando chegaram três marginais, bandidos, vagabundos. Eles (os guardas) ficaram assistindo aos caras tacarem fogo. Se eles tivessem armas, eles teriam autorização de derrubar aqueles três vagabundos para servirem de exemplos para todos os outro – explicou o prefeito.

Ele informou que os guardas serão armados com o “que há de melhor”.

– Nós vamos armá-los com o que há de melhor, com armamento pesado, para eles estarem preparados para o combate caso tenham um confronto – apontou.

Por fim, David Almeida também disse que é preciso tratar os criminosos como “vagabundos”.

– Vagabundo, ninguém pode tratar como ser humano, não (…) Ser humano, não, como cidadão. Tem que tratar como ser humano, mas como vagabundo – ressaltou.

Leia também1 Bolsonaro pede que mercadistas segurem preço dos alimentos
2 Mourão critica 'passaporte sanitário': 'Isso aqui é Brasil'
3 Eduardo Bolsonaro sobre Witzel na CPI: "Correu como um rato"
4 Eleições: Bolsonaro diz que não comentará preferência para SP
5 PTB expulsa deputada pega com microfone da Globo em reunião

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.