Leia também:
X STF rejeita pedido de Bolsonaro contra lockdowns em estados

Prefeita impõe lockdown em Juiz de Fora, e multidão reage

Manifestantes se reuniram em frente à residência da prefeita

Monique Mello - 23/03/2021 14h31 | atualizado em 23/03/2021 14h53

Manifestação em frente ao prédio onde vive a prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT) Foto: Reprodução/Twitter

Na noite desta segunda-feira (22), manifestantes se reuniram na frente do prédio onde vive a prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão (PT), e protestaram contra as medidas de lockdown adotadas na cidade para combate à Covid-19.

Vestidos com as cores da bandeira brasileira, os manifestantes fecharam a Rua Santo Antônio e entoaram cânticos como “fora Margarida” e “a nossa bandeira jamais será vermelha”, além de desafiarem a prefeita a descer para confrontá-los.

A prefeita decretou o fechamento de todas as atividades públicas consideradas não essenciais desde o dia 7 de março.

As reivindicações incluíam o pedido pela suspensão do lockdown, medida que tem sido reiteradamente criticada pelos comerciantes e empresários, e pelo uso de medidas alternativas de tratamento (remédios para tratamento precoce), enquanto a vacinação não cobre a totalidade da população juiz-forana.

A deputada federal Bia Kicis compartilhou imagens da manifestação com a legenda “o povo gosta de trabalhar”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Bia Kicis 🧿 (@biakicis)

Leia também1 Manifestantes protestam com fogo na Marginal Tietê, em SP
2 STF rejeita pedido de Bolsonaro contra lockdowns em estados
3 “Se ficar em lockdown 30 dias e acabar com vírus, eu topo”
4 Bolsonaro: "Vamos destruir o vírus, não atacar o governo"
5 Lira chama crise da Covid-19 no Brasil de "vexame internacional"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.