Leia também:
X Mãe e companheira são presas em flagrante por tortura de bebê

Polícia indicia ex-diretor de casa de acolhimento suspeito de abuso

Caso aconteceu no Rio Grande do Sul

Pleno.News - 13/09/2023 15h48 | atualizado em 13/09/2023 16h09

Polícia indicia ex-diretor de casa de acolhimento suspeito de abuso Foto: Divulgação/Polícia Civil

O ex-direitor de uma casa de acolhimento em Encruzilhada do Sul (RS) foi indiciado pela Polícia Civil por estupro de vulnerável. Ele teria abusado pelo menos 30 vezes, ao longo de um ano, de uma adolescente que, atualmente, tem 13 anos. Outras três vítimas também foram identificadas, entre elas uma criança de 2 anos de idade. As informações são do G1.

O homem está preso desde agosto, quando foi flagrado com a adolescente dentro do carro dele.

O delegado Róbinson Palomínio disse que provas indicam que a garota tinha sido estuprada na casa do ex-diretor.

– O suspeito iria levar a adolescente para ir à costureira e para entregar um trabalho da escola. O investigado teria pedido que ela “tomasse banho e ficasse cheirosa” – falou Palomínio.

O delegado revelou ainda que a menina foi ouvida por duas professoras da instituição e por uma conselheira tutelar. Ela relatou que sofreu abuso minutos antes da abordagem policial, e que estava costumada a ser estuprada tanto na cada do homem quanto na casa de acolhimento.

O suspeito foi exonerado do cargo pela prefeitura. Ele também responde a um processo administrativo.

Leia também1 Jovem é assassinada dentro de casa no dia de seu aniversário
2 MG: Cliente denuncia que sofreu estupro durante bronzeamento
3 UFRGS registra incêndio em unidade do centro de Porto Alegre
4 Tráfico pode ter esquartejado jovem e jogado corpo no lixo
5 Boletim: Kayky Brito apresenta progressiva melhora clínica

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.