Leia também:
X Jornalista causa polêmica por comentário sobre João de Deus

Polícia finaliza inquérito sobre morte de cadela no Carrefour

Segurança foi apontado como o responsável pelo crime

Henrique Gimenes - 18/12/2018 18h37

Nesta segunda-feira (17), a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que a Polícia Civil concluiu as investigações sobre a morte de uma cadela em uma unidade do Carrefour em Osasco. O animal, chamado de Manchinha, foi agredido por um segurança do mercado.

De acordo com a polícia, o segurança do Carrefour foi apontado como o agressor da cadela após mais de 20 pessoas serem ouvidas. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou ainda que a morte ocorreu devido a uma “hemorragia provocada pela lesão sofrida”.

Ele irá responder em liberdade por abuso e maus-tratos a animais.

O caso aconteceu no dia 29 de novembro, quando o segurança teria espancado o cachorro para tirá-lo do local. De acordo com relatos, a unidade receberia a visita de diretores da matriz e a ordem partiu do superior responsável.

Dois vídeos circularam pela internet mostrando Manchinha machucada e ensanguentada.

Leia também1 Novo caso de violência contra animais revolta famosas
2 Câmara aprova pena maior para quem maltrata animais

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.