Leia também:
X Record indenizará homem que foi acusado de matar a enteada

Acusado de matar Rafael Miguel conseguiu documento falso

Paulo Cupertino Matias tirou novo RG, no interior do Paraná

Ana Luiza Menezes - 26/10/2020 21h22 | atualizado em 26/10/2020 21h25

Acusado de matar Rafael Miguel fez documento falso Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (26), a Polícia Civil revelou que o empresário Paulo Cupertino Matias, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele, fez um documento falso no Paraná. Segundo os agentes, ele usou um nome falso para conseguir uma nova identidade, em Jataizinho.

Segundo o portal R7, Paulo foi ao instituto de identificação de Jataizinho, onde tirou foto, cedeu digitais e conseguiu o novo registro. O novo documento pode tê-lo ajudado a sair do país. Para conseguir o novo registro, ele usou o nome de Manoel Machado da Silva. Na foto, ele aparece com barba e o cabelo curto, penteado para trás.

Cupertino apresentou documentos falsos a um funcionário público da cidade paranaense. O servidor foi ouvido, nesta segunda, e disse que não lembra quando fez um novo documento para o empresário. O homem explicou ainda que não sabia do caso pelo qual Cupertino é procurado.

A Polícia Civil já solicitou, ao Instituto de Identificação do Paraná, a documentação que Paulo apresentou quando fez sua nova identidade. O caso está sendo investigado.

Em julho, o empresário passou a fazer parte da lista dos criminosos mais procurados pela polícia de São Paulo.

Rafael Miguel e seus pais foram mortos por Cupertino, em junho do ano passado. O crime aconteceu na Zona Sul da capital paulista. O homem cometeu o assassinato porque não aceitava o namoro do ator com sua filha, Isabela Tibcherani.

Leia também1 Doria libera visitas a cemitérios durante o feriado de Finados
2 Reviravolta! Polícia descobre que padre sequestrado forjou o crime
3 MG: Vereador é investigado por importunação sexual
4 Pastor e fiel morrem afogados após batismo em represa
5 Defesa de Padre Robson rebate MP e TV Globo sobre doações

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.