Leia também:
X Apoiador defende Bolsonaro: “Não é racismo, é intimidade”

Polícia Civil atualiza para 28 o nº de mortos no Jacarezinho

Secretário afirmou que 27 vítimas eram traficantes

Gabriela Doria - 07/05/2021 19h39 | atualizado em 07/05/2021 19h52

Operação policial no Jacarezinho teve 28 mortos Foto: EFE/André Coelho

Nesta sexta-feira (7), a Polícia Civil do Rio de Janeiro atualizou para 28 o número de mortos na operação na favela do Jacarezinho, realizada nesta quinta (6). O balanço anterior havia confirmado a morte de 25 pessoas, uma delas sendo o policial civil André Frias.

Segundo a Polícia Civil, as “novas vítimas” foram contabilizadas só hoje porque morreram já dentro dos hospitais para onde foram encaminhadas.

De acordo com o secretário de Polícia Civil, Allan Turnowski, todos os mortos no confronto eram traficantes. O gestor discursou durante o enterro de Frias.

– A inteligência já confirmou todos os mortos como traficantes. 19 com folhas corridas até agora. Não foi em vão, André, não foi em vão – disse, referindo-se ao policial morto.

Ainda segundo ele, os suspeitos mortos tinham reagido à operação na intenção de matar os policiais.

– Quem conhece um pouquinho de operação, o traficante, o criminoso, quando a gente entra na comunidade ele atira para fugir. Ontem [quinta-feira], eles atiravam para guardar posição, para matar. Eles tinham ordem para confrontar, para ficar. Eles não correram. E o que a Polícia Civil mostrou ontem foi técnica, foi maturidade, foi profissionalismo, de mostrar à sociedade que aquele traficante que invadiu a casa da moradora ele é inimigo de toda a sociedade – disse o secretário.

Leia também1 RJ: PSB quer investigação sobre operação no Jacarezinho
2 Policial contou histórias para crianças durante ação no Jacarezinho. Veja o vídeo!
3 PSOL quer comissão na Câmara para apurar ação no Jacarezinho
4 Líder bolsonarista na Alerj faz moção de louvor à Polícia Civil
5 Jacarezinho: Fachin pede a Aras que apure 'execução arbitrária'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.