Leia também:
X MEC propõe que pais leiam em voz alta para crianças

Polícia faz a maior apreensão de maconha da história

33 toneladas da droga foram confiscadas por autoridades do Mato Grosso do Sul

Rafael Ramos - 27/08/2020 12h18 | atualizado em 27/08/2020 13h15

Polícia do Mato Grosso do Sul fez apreensão histórica de droga Foto: Reprodução

A polícia do Mato Grosso do Sul fez a que é considerada a maior apreensão de maconha na história do país. O Departamento de Operações da Fronteira (DOF), ligado à Polícia Militar, confiscou 33 toneladas de maconha e prendeu um homem de 25 anos e outro de 45.

Os agentes faziam patrulhamento na MS-156, no município de Maracaju, quando deram ordem de parada a uma carreta que seguia no sentido contrário ao da viatura. O motorista se recusou e tentou entrar com o veículo em uma estrada de terra.

Sem conseguir manobrar, o condutor abandonou o veículo às margens da rodovia e fugiu a pé levando a chave da carreta. Ao revistar a carroceria, os policiais acharam tabletes de maconha e foram necessárias quatro horas para concluir a pesagem da droga.

https://www.instagram.com/p/CEYSs0oB9da/

Um carro que seguia logo atrás da carreta foi abordado e nele estavam os dois homens que foram presos. Cabia a eles avisar ao motorista do veículo sobre a presença de polícia nas rodovias. O homem de 45 anos confessou que receberia dinheiro pelo serviço. No carro e na carreta foram encontrados rádios comunicadores na mesma frequência.

Em maio deste ano, a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal fizeram uma apreensão de 28 toneladas de maconha no município de Iguatemi. De janeiro a agosto de 2019 foram confiscadas 74 toneladas de maconha enquanto que a quantidade no mesmo período em 2020 chegou a 180 toneladas.

Leia também1 Sangrando, grávida é expulsa de carro de app e bebê morre
2 Homem que estuprou e matou universitária é condenado
3 Franceses caem de penhasco na Chapada Diamantina
4 Dona de creche dopava crianças para elas dormirem
5 Mais de 400 pessoas são presas em ação contra roubos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.