CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Otoni pede afastamento da vice-liderança do governo

PMs são alvos de operação contra a milícia no RJ

Eles são suspeitos de homicídios, extorsão, tráfico e agiotagem

Gabriela Doria - 09/07/2020 08h09 | atualizado em 09/07/2020 08h13

Policiais são alvos de operação contra milícia no Rio de Janeiro Foto: Reprodução/CNN Brasil

Um grupo de milicianos do Rio de Janeiro foi alvo, na manhã desta quinta-feira (9), de uma ação da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) e do Ministério Público Estadual (MPRJ). A Operação Porto Firme foi realizada nos bairros de Vargem Grande e Vargem Pequena, na Zona Oeste do Rio.

Ao todo, são 16 mandados de prisão e 51 de busca e apreensão e 200 agentes envolvidos. Dois policiais militares são suspeitos de comandar o grupo. Um deles, o cabo Fernando Mendes Alves, conhecido como Biro, já foi preso. Já Leonardo Magalhães Gomes da Silva, o capitão Léo, está sendo procurado.

As investigações, iniciadas no fim de 2018, apontam que a milícia da região se uniu a traficantes de drogas para juntos comandarem os bairros de Vargem Grande e Vargem Pequena. Os grupos são acusados de homicídios, agiotagem, extorsão, corrupção, tráfico de drogas e de armas e grilagem de terras para a construção de condomínios ilegais.

 O grupo também pode estar envolvido em uma chacina que resultou na morte de quatro pessoas, em Vargem Grande, no dia 7 do mês passado.

Leia também1 Avião cai em avenida em SP e pega fogo; Piloto morreu
2 Cantor fala da recuperação um ano após ser baleado
3 Com reabertura, comércio tem alta de 13,9% no mês de maio
4 Queda de mortes por Covid no RJ alcança 2ª semana seguida
5 Justiça suspende decreto de reabertura do Distrito Federal

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo