Leia também:
X Lula suspende apresentação da versão final do plano de governo

PM se corrige e diz que homem atingido por sniper não morreu

Leandro Mendes invadiu casa da ex-mulher por não se conformar com fim da relação

Pleno.News - 22/09/2022 10h43 | atualizado em 22/09/2022 12h20

Leandro Mendes Foto: Reprodução

O homem que fez dois reféns em Belo Horizonte (MG) foi atingido por um sniper da polícia, e está em estado grave. Incialmente, houve a informação de que Leandro Mendes tinha morrido, mas a Polícia Militar (PM) esclareceu que ele foi levado para o Hospital de Pronto Socorro João XXIII.

Mendes tinha mantido uma criança, de 7 anos, e um amigo da família, de 23 anos, sob a mira de um revólver. Ele exigia a presença da ex-mulher, que tinha conseguido escapar da casa.

As vítimas passam bem após terem sido mantidas no local por mais de 15 horas. Leandro invadiu o imóvel no início da noite de quarta-feira (21). Ele não se conformava com o fim do casamento.

De acordo com o portal G1, Leandro Mendes, já havia sido preso por homicídio. Em 2008, ele matou uma ex-companheira por não aceitar o fim do relacionamento. Ele cumpria a pena pelo crime, mas estava sob liberdade condicional.

Leia também1 Beneficiários com NIS final 4 recebem hoje o Auxílio Brasil
2 Padre critica oferendas feitas em cemitério católico no RS
3 É impossível ter 33 milhões passando fome, aponta Guedes
4 "Não desconfiei", diz mãe de menino molestado por ator
5 Plano de saúde: Bolsonaro assina PL que amplia tratamentos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.