Leia também:
X Moraes pede informações à PF sobre inquérito contra Bolsonaro

PM do Paraná “se confundiu” e assassino de ator não foi preso

Informação foi dada pelo delegado-geral de Polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes

Pleno.News - 28/10/2020 14h22 | atualizado em 28/10/2020 14h29

PM se confundiu e Paulo Cupertino não foi preso Foto: Reprodução

Após a Polícia Militar (PM) do Paraná informar que havia prendido Paulo Cupertino, assassino do ator Rafael Miguel e dos pais, o delegado-geral de Polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, disse que o órgão paranaense se confundiu e não prendeu o criminoso. O empresário, pai da ex-namorada do ator, está foragido há um ano e quatro meses.

Na última segunda-feira, a Polícia Civil chegou a revelar que o empresário fez uma identidade com uma certidão de nascimento falsa em Jataizinho, no norte do Paraná. Cupertino estava usando o nome falso de “Manoel Machado da Silva” como um disfarce para se esconder.

Rafael Miguel e seus pais foram mortos por Paulo Cupertino, em junho do ano passado. O crime aconteceu na Zona Sul da capital paulista. O homem cometeu o assassinato porque não aceitava o namoro do ator com sua filha, Isabela Tibcherani.

Leia também1 Acusado de matar Rafael Miguel conseguiu documento falso

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.