Leia também:
X Fachin suspende lei que proíbe linguagem neutra em escolas

PF realiza a maior apreensão de cocaína da história do RS

2,7 toneladas da droga foram recolhidas pelos agentes em uma casa no centro de Pelotas

Thamirys Andrade - 17/11/2021 15h33 | atualizado em 17/11/2021 16h24

PF faz maior apreensão de cocaína na história do RS: 2,7 toneladas
Cocaína e malas de nylon apreendidas Foto: Divulgação / Polícia Federal

Na noite desta terça-feira (16), a Polícia Federal realizou a maior apreensão de cocaína da história do Rio Grande do Sul. Na operação, ocorrida em uma casa no centro de Pelotas, foram recolhidas 2,7 toneladas de cocaína, além de 375 quilos de lidocaína e cafeína, substâncias usadas no refino da droga.

Os agentes também prenderam em flagrante cinco homens, que chegaram ao local em dois carros. Eles foram interceptados assim que acionaram o portão eletrônico da casa e responderão por tráfico internacional de drogas.

Na ação, foram apreendidas ainda 52 sacolas de nylon que, possivelmente, seria usado no transporte da droga. Segundo o delegado Robson Robin, a substância provavelmente seria transportada para a América do Norte ou Europa.

– Nossa convicção é [de] que, pelo valor, [pela] quantidade da droga e [pela] forma como ela estava acondicionada, ela tinha destino fora do Brasil – explicou.

PF faz maior apreensão de cocaína na história do RS: 2,7 toneladas
PF realiza a maior apreensão de cocaína da história do RS Foto: Divulgação / Polícia Federal

A PF já monitorava a casa, pois ela não era usada nem para comércio, nem para moradia, apesar de ser alugada. Além disso, a residência não tinha nenhum móvel, embora os suspeitos passassem horas no local.

– A gente tem a percepção clara [de] que a nossa região é de interesse do tráfico internacional pela proximidade com a fronteira. Nessa filosofia, chegamos a um grupo pequeno de pessoas atuando em Pelotas, vinculado a essa residência, um imóvel locado, mas [em] que ninguém residia. Essas pessoas estavam soltas, não tinham vínculos com parentes, de trabalho, sociais na cidade, o que é um indicativo [de] que estão aqui pra fazer esse tipo de crime – detalhou o delegado.

Leia também1 Lacombe é o grande vencedor do "Oscar do Jornalismo" no Brasil
2 Ex-A Fazenda Liziane Gutierrez é presa nos EUA, afirma site
3 Marinho sobre Jovem Pan: 'Saí porque estava virando escada'
4 Vegana, Xuxa posa com couro animal e ganha chuva de críticas
5 Mara aproveita gafe de Xuxa e alfineta: "O diabo veste Prada"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.