Leia também:
X Engavetamento envolvendo 22 veículos deixa 8 mortos

PF e FAB fazem apreensão de 1 tonelada de cocaína em aviões

Aeronaves foram interceptadas em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul

Paulo Moura - 03/08/2020 08h03 | atualizado em 03/08/2020 08h04

Avião interceptado em Ivinhema com 700 quilos de cocaína Foto: Divulgação/FAB

Uma ação conjunta envolvendo a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Polícia Federal (PF), neste domingo (2), resultou na apreensão de mais 1,1 tonelada de cocaína em dois aviões que sobrevoavam a cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. A operação foi realizada com o apoio de quatro caças da FAB a partir de informações levantadas pelo setor de inteligência.

A primeira ação resultou na apreensão de um avião modelo EMB-720 Minuano, que foi escoltado pela FAB até o pouso obrigatório em Rondonópolis, Mato Grosso. Após realizar o procedimento, uma abordagem foi feita na aeronave e foram apreendidos 450 quilos de cocaína. Os pilotos que guiavam o avião foram presos em flagrante.

Já na segunda ocorrência, a aeronave interceptada foi um bimotor B-58 Baron, orientado a pousar na cidade de Três Lagoas, no leste sul-mato-grossense. Os pilotos, porém, não cumpriram as ordens e tentaram fugir. Entretanto o item foi localizado no município de Ivinhema, ainda no Mato Grosso do Sul, com cerca de 700 quilos de cocaína a bordo.

A FAB informou que as ações fazem parte da Operação Ostium, deflagrada para coibir ilícitos transfronteiriços. Para a ação, além do uso de quatro caças A-29 Super Tucano da FAB e um E-99, também houve esforço de todo o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA).

Leia também1 Apreensões de drogas pela PRF disparam com pandemia
2 Adolescente causa acidente de carro e irmã de 5 anos morre
3 Confira fotos do retorno dos astronautas da SpaceX à Terra
4 Gusttavo Lima elogia Bolsonaro em live: "Você tirou 10"
5 Engavetamento envolvendo 22 veículos deixa 8 mortos

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.