Leia também:
X João Doria reclama dos custos de busca por chefão do PCC

Paulistas se revoltam com Doria por vacina obrigatória: ‘Ditador’

SP trabalha com laboratório chinês para desenvolver a CoronaVac

Gabriela Doria - 16/10/2020 18h49

O anúncio de que a vacinação contra a Covid-19 será obrigatória em São Paulo causou revolta em muitos paulistanos. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (16) pelo governador João Doria, durante entrevista coletiva no Palácio Bandeirantes.

– Em São Paulo será obrigatório, exceto quem tenha orientação médica e atestado que não pode tomar. E adotaremos medidas legais se houver contrariedade nesse sentido – disse Doria.

A declaração foi o suficiente para que a palavra “ditador”, em referência ao tucano, se tornasse um dos principais assuntos no Twitter. Em uma série de publicações, paulistanos e até autoridades, como o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, declararam repúdio ao que consideram autoritarismo e até mesmo incitaram que a população se rebelasse contra a determinação. A hashatg #VachinaNao também foi usada como reação a Doria.

– A LIBERDADE ACABOU! Vacina OBRIGATÓRIA para TODOS os 45 milhões de Paulistas! Além de nos ameaçar, como se ele fosse o dono de um bando de cães, esse cara quer vacinar na marra crianças e bebês! SEUS FILHOS E NETOS! Na marra! ARROGANTE! – escreveu Weintraub.

Leia também1 Vacina chinesa contra a Covid-19 será obrigatória em SP, diz Doria
2 Covid-19: Pfizer quer garantir uso emergencial da vacina
3 Doria "cobra" Bolsonaro por mais verba para vacina chinesa
4 Preços de medicamentos caíram em setembro, aponta índice
5 Maioria da população só vai ser vacinada contra Covid em 2022

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.