Leia também:
X Mulher é presa no DF após esfaquear testículos de vizinho

Pastor envolvido em polêmica batizou Safadão duas vezes

Celebração ocorreu em Minas Gerais, em 2017, e posteriormente no Rio Jordão, em 2020

Thamirys Andrade - 26/07/2021 15h12 | atualizado em 26/07/2021 15h19

Acusado por internautas de abuso infantil, o pastor André Vitor acompanha a família de Wesley Safadão há anos não apenas como líder religioso, mas também como amigo íntimo. O conferencista chegou a batizar o cantor e a esposa dele, Thyane Dantas, por duas vezes, sendo a primeira em Minas Gerais, e a segunda como ato simbólico no Rio Jordão, mesmo local onde Jesus foi batizado.

A primeira ocasião em que o casal passou pelas águas foi em 2017, em evento da Missão Moriá, na Estância Paraíso (MG). Na época, Safadão e Thyane celebraram um ano de casados se dedicando a Deus, e agradeceram ao pastor André Vitor após a cerimônia de batismo. Nas redes sociais, eles compartilharam fotos do momento e o descreveram como “indescritível”.

Três anos depois, Safadão e Thyane viajaram até Israel ao lado de André Vitor e decidiram aproveitar a oportunidade para reforçar a sua fé no Rio Jordão.

– Reafirmando que a minha vida é de Jesus e que a cada dia quero a vontade dele para mim e minha família! Já fui batizado nas águas, mas aqui tivemos esse momento simbólico para entrar nas mesmas águas onde Jesus foi batizado por João Batista – declarou Safadão nas redes sociais.

André Vitor também é famoso por discipular a cantora Simone, da dupla com Simaria. O líder religioso é amigo da artista, e chegou a receber uma homenagem da parte dela em seu aniversário, em 2018. A sertaneja entrou na festa cantando Lugar Secreto, da cantora Gabriela Rocha, acompanhada do cantor baiano Clovis Pinho.

POLÊMICA
O nome de André Vitor foi envolvido em uma polêmica nesta segunda-feira (26), após a publicação de um vídeo em que ele aparece abraçando uma criança por trás e colocando as mãos próximas ao peito dela. Em seguida, a menina se solta para pular com os amigos, e André abaixa sua própria camisa. O gesto despertou a desconfiança dos internautas, que viram nas cenas um possível caso de abuso infantil.

Safadão, que havia publicado o vídeo nas redes sociais e depois excluído devido a repercussão negativa, saiu em defesa do líder religioso, afirmando que ele é “uma pessoa amiga e de nossa convivência íntima”.

– Pelo carinho que guardamos ao André, nos negamos a dar voz ou eco a insinuações desta natureza – declarou o cantor, em nota divulgada por sua assessoria.

André também se pronunciou, dizendo que, por se encontrar acima do peso, tem a mania de baixar a camisa recorrentemente a fim de evitar que sua barriga fique à mostra. O pastor alegou que está sendo vítima de “injustiça” e afirmou que o caso será acompanhado por uma equipe criminal.

– [Esta é] Uma grande loucura e injustiça que já está sendo acompanhada por uma equipe criminal, por tentarem manipular uma situação contra mim sem sequer saberem quem sou. Os pais da criança, que são praticamente meus irmãos, e eu, estamos todos juntos pra não levarem isso mais à frente, porque é uma maldade sem precedentes comigo, que só planto o bem e tenho total familiaridade e amor – assinalou.

Leia também1 Safadão nega acusação de abuso infantil envolvendo pastor
2 Pastor de Safadão se pronuncia sobre acusação de abuso infantil
3 Homem envolvido em incêndio na estátua de Borba Gato é solto
4 Vídeo: Sequestrador de motorista é preso e leva surra da mãe
5 Banhista atacado por tubarão ignorou 3 alertas de salva-vidas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.