Leia também:
X SP: Secretário de Saúde compra medicamentos para intubação

Pastor ‘dribla’ proibição de Doria e promove culto em ônibus

Vídeo do momento foi compartilhado nas redes sociais

Pleno.News - 24/03/2021 14h56 | atualizado em 24/03/2021 15h54

Pastor realizou culto evangélico dentro de ônibus Foto: Reprodução

Um pastor de São Paulo encontrou uma maneira de “driblar” a proibição de cultos em igrejas em São Paulo devido à pandemia de Covid-19. Eduardo Silva decidiu realizar o culto evangélico dentro de um ônibus.

Um vídeo do momento foi feito e compartilhado nas redes sociais e traz o pastor conversando com um homem sobre o culto, realizado em frente à Igreja Evangélica Ministério Aviva.

– Adoradores não deixam de adorar. Então, como nós não podemos fazer o culto dentro da igreja, porque ela está fechada […]. Eu tenho um ônibus do ministério; então, para nós não ficarmos sem adorar a Deus, eu reuni algumas pessoas. Chamei alguns irmãos – explicou o pastor.

A proibição de cultos foi determinada pelo governador de São Paulo, João Doria, como uma das medidas para tentar conter o avanço da pandemia.

No entanto, Eduardo Silva explicou que realizou o culto dentro da lei e adotou as medidas de proteção.

– Está tudo dentro da lei […] Eu sou adorador e não deixo de adorar; então, como ônibus pode, eu acredito que os irmãos que estão aí vão adorar Deus, e eu vou trazer uma palavra para eles, no coração deles, e todos vão ser abençoados. A Bíblia diz que “quem tem fôlego que louve ao Senhor”, então nós vamos louvar ao Senhor dentro do ônibus – destacou ele.

Leia também1 Sem ser convidado, Doria critica comitê criado para a pandemia
2 São Paulo começará vacinação de policiais e professores
3 PGR pede que julgamento de suspeição de Moro vá ao plenário
4 Rosa nega liminar para trancar inquérito do STJ contra procuradores da lava jato
5 Saúde diz à PGR que 13 estados 'têm preocupações' com oxigênio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.