Leia também:
X Motorista embriagado mata bebê, mulher e 3 homens

Pastor chora por participação de Hian na morte de Danilo

"Que ele pague", declarou Fabiano Silva, que acolheu o jovem preso pelo crime

Rafael Ramos - 02/08/2020 09h11 | atualizado em 02/08/2020 09h13

Pastor lamentou envolvimento de jovem na morte de Danilo Arte: Pleno.News

A morte do pequeno Danilo Sousa, de 7 anos, gerou comoção e revolta em Goiânia. Desaparecido desde o dia 21 de julho, ele foi encontrado morto seis dias depois em um lamaçal.

Peritos descobriram que a criança foi morta por asfixia ao inalar a lama e a água do local, mas também notaram ferimentos ocasionados por pauladas. Os principais suspeitos do crime são o padrasto de Danilo, Reginaldo Lima Santos, e o jovem Hian Alves de Oliveira, de 18 anos.

Em depoimento à polícia, Hian revelou que Reginaldo lhe ofereceu uma moto e um carro para ajudar na morte do garoto. O rapaz era tido como filho adotivo pelo pastor Fabiano Silva, que inclusive auxiliou nas buscas e prestou apoio à família de Danilo.

– No dia da morte do menino, eu estava trabalhando na obra. O padrasto arrastou o menino lá para dentro da mata e machucou ele com um pau. Fui até a beirada da mata para levar o menino, segurando pelo braço. Depois, fui trabalhar e ele ficou com o menino na mata – detalhou Hian à Polícia Civil.

Reginaldo e Hian foram presos pela morte da criança Foto: Reprodução

Em entrevista ao Jornal Anhanguera, da Rede Globo, Fabiano se desesperou ao saber que o jovem que ele acolheu teve participação em algo tão brutal. Reginaldo e Hian foram presos na última sexta-feira (31), dois dias após Danilo ser enterrado.

– Toda vida ele querendo dinheiro, dinheiro, dinheiro. E eu: “Não dou dinheiro a ninguém, eu dou comida”. Se o Hian fez isso, que ele pague! – desabafou o pastor.

Leia também1 Padrasto é preso por suspeita de afogar enteado em lamaçal
2 Príncipe Andrew é acusado de fazer "orgias com menores"
3 Mulher é presa após tossir em paciente que trata tumor
4 Motorista embriagado mata bebê, mulher e 3 homens
5 STF põe em prisão domiciliar preso que fugiu pela escada

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.