Leia também:
X Mourão afirma que Brasil terá política de não intervenção

Paisagista afirma ter certeza que agressor a dopou

Elaine Caparróz contou que conversou com o filho na noite da agressão

Jade Nunes - 25/02/2019 09h02 | atualizado em 25/02/2019 13h30

Elaine Caparróz, de 55 anos, afirma ter certeza que Vinícius Serra, de 27 anos, a dopou. A mulher deu a declaração neste domingo (24) em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo. Ela saiu do hospital na última sexta.

Elaine foi espancada durante cerca de 4 horas pelo estudante de Direito na madrugada do dia 16. Os dois se conheceram pelo Instagam e, após oito meses de conversa, esse era o primeiro encontro deles.

De acordo com a vítima, ao se encontrarem no apartamento dela, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, eles começaram a beber vinho. Em pouco tempo, Elaine conta que começou a se sentir alterada e a perder os sentidos. Ela acordou já de madrugada, com o jovem a espancando.

Ao ser questionada se ele poderia ter colocado algo em sua bebida ela respondeu:

– Eu não acho. Eu tenho certeza, certeza absoluta.

A paisagista também revelou que conversou com o filho, o lutador de jiu-jitsu Rayron Gracie, por uma chamada de vídeo na noite da agressão.

– Conversei com meu filho por uma chamada de vídeo. Aí, assim que desliguei, ele (Vinícius) perguntou: “ah, poxa, você é mãe do Rayron. Você fala sempre com ele?” Eu falei: “lógico, é meu filho, falamos todos os dias, né?”. Aí ele disse: “poxa, que legal”.

Elaine acredita que possa ter sido alvo de uma vingança, mas espera pela investigação da polícia.

– Não sei por que, mas eu achei muito estranho. Qual motivo de uma pessoa fazer isso gratuitamente? Eu não faço mal para ninguém. Deve ter algum motivo. Eu achei essas perguntas dele estranhas, por que ele ia perguntar isso? E por que ele fez isso comigo? Não sei. Talvez alguma rixa, não é? Mas não posso afirmar que seja isso. Tem que ser investigado porque eu acho que é uma agressividade gratuita, ele quase me matou, eu quase morri – completou.

Leia também1 Elaine Caparroz afirma que quer justiça e agradece apoio
2 Paisagista espancada durante quatro horas recebe alta
3 "Ele quase me matou. Mas sou muito forte", diz paisagista

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.