Leia também:
X STF concede prisão domiciliar a presos que têm filhos menores

Pais são condenados por matar os três filhos recém-nascidos

Casal alegou que não queria mais filhos

Gabriela Doria - 20/10/2020 18h34 | atualizado em 20/10/2020 19h16

Casal foi condenado por matar três filhos Foto: Pixabay

Um casal foi condenado pela Justiça do Paraná por assassinar três filhos recém-nascidos nos anos de 2010, 2013 e 2016. A denúncia foi apresentada em 2017, mas a condenação só aconteceu recentemente.

O Tribunal do Júri de Salto de Lontra, no Sudoeste do estado, sentenciou a mãe a 63 anos e 8 meses de prisão. Já o pai foi condenado ao 48 anos e 4 meses de cadeia. O homem foi inocentado do primeiro homicídio.

Ele estão presos preventivamente desde a última quinta-feira (15). Ainda cabe recurso da decisão.

Segundo o Ministério Público do Paraná, a mulher foi acusada por executar os crimes. O papel do marido foi de incentivar, facilitar e ordenar as execuções. Eles ainda ocultavam os corpos dos bebês.

De acordo com a denúncia, as mortes ocorreram porque eles não queriam mais ter crianças. Eles já eram pais de outros cinco filhos. Quando ficava grávida, a mulher escondia a gestação, não fazia pré-natal e matava as crianças quando nasciam, com a ajuda do companheiro.

OUTRO FILHO APÓS A DENÚNCIA
Mesmo enfrentando uma denúncia, que havia sido apresentada pela Justiça ainda em janeiro de 2017, o casal fugiu para outra cidade e, em dezembro de 2018, tiveram outro filho.

Eles seguiram o mesmo modus operandi das outras gestações, ocultando a gravidez e negligenciando o pré-natal, o que levou o Ministério Público a crer que eles executariam a criança quando ela nascesse.

A esta altura, no entanto, eles já não detinham mais o poder familiar sobre o bebê, que foi encaminhado para uma nova família.

Leia também1 MG: Candidato a vereador mata mulher com 13 facadas
2 Adolescente inventa dívida com traficante para extorquir colega
3 Avô se declara culpado de deixar neta cair de janela de cruzeiro
4 Médica filha de prefeito no PR é sequestrada ao sair do trabalho
5 Candidato a prefeito no MA é acusado de assassinar o pai

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.