Pai mata filha por não aceitar que ela tenha nascido menina

Revoltados, moradores atearam fogo na casa da família

Pleno.News - 20/05/2019 16h21

Pai espancou a filha de 5 meses até a morte Foto: Reprodução

Um crime hediondo chocou os moradores do município de São Lourenço da Mata, em Pernambuco. Augusto Silva da Cruz, de 23 anos, espancou a filha Debora, de 5 meses, até a morte porque não aceitava que o bebê tivesse nascido menina. Augusto foi preso em flagrante e teve a prisão preventiva decretada pela Polícia Civil.

De acordo com Ana Lúcia Soares, do Conselho Tutelar de São Lourenço, a menina já havia sofrido maus tratos em outra ocasião. No dia do espancamento, Debora foi levado a um hospital de Recife, mas já estava sem vida.

– Tentaram ressuscitar a menina várias vezes, mas não teve jeito. A mãe também era vítima de violência doméstica. Ela teve outros filhos de relacionamento anteriores, que moram na casa de parentes – disse Ana Lúcia.

Revoltados, os moradores atearam fogo na casa de Augusto. A mãe da criança se refugiou na casa de familiares.

LEIA TAMBÉM+ Compadre Washington, do É o Tchan, é internado às pressas
+ Vídeo: Mulher joga balde de água em moradora de rua
+ Motos são proibidas em pista expressa de marginal de SP


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo