Leia também:
X Maia: Previdência é a mais importante reforma social

Padre publica foto segurando arma e causa polêmica

Religioso divulgou nota pedindo desculpas. A polícia abriu procedimento contra ele

Gabriela Doria - 02/01/2018 16h03 | atualizado em 03/01/2018 15h05

O padre Thiago Bruno da Paróquia de São José dos Quatro Marcos, no Mato Grosso, causou polêmica ao publicar uma foto em que segura uma arma. A imagem foi postada no status do WhatsApp e o religioso aparece deitado numa cama, segurando um revólver com a mensagem “#2018”. A foto foi divulgada nesta segunda-feira (1º).

O religioso publicou foto onde aparece segurando um revólver, que ele afirma ser um item decorativo Foto: Reprodução WhatsApp

Após a repercussão da imagem, o padre emitiu uma nota de esclarecimento através da rede social da Paróquia São José. Ele pediu desculpas e afirmou que se trata de um item de decoração, pertencente a um amigo que fazia aniversário na ocasião da imagem.

– Errei, e peço perdão à minha família, à família do meu amigo aniversariante, aos meus paroquianos, e aos meus amigos. Afirmo que promovo a paz e a segurança na sociedade, o bem-estar da família, o respeito às leis, e a defesa da vida desde a concepção da pessoa humana – declarou em um trecho da nota.

Apesar do pedido de desculpas, a polícia de São José de Quatro Marcos, que fica a 315 quilômetros de Cuiabá, determinou que vai abrir um procedimento contra o religioso. Thiago Bruno pode responder por apologia ao crime, previsto no artigo 287 do Código Penal, cuja pena varia entre três e seis meses.

Leia também1 Homem se passava por padre para pedir dinheiro, em SE
2 Muçulmanos depredam igreja católica no Egito
3 Padre causa surpresa ao descer de tirolesa na missa

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.