Leia também:
X Motorista que recusar bafômetro deve ser punido, decide STF

Padre abandona casamento após noivos levarem cães como pajens

"É o cúmulo", avaliou o pároco, que deixou a cerimônia logo após a assinatura dos papéis

Thamirys Andrade - 19/05/2022 17h14 | atualizado em 19/05/2022 17h48

Cerimônia ocorreu em Nova Olinda Foto: Arquivo Pessoal

Um casamento terminou de forma inesperada na Paróquia São Sebastião, em Nova Olinda, Ceará, no último sábado (14). Acontece que o padre responsável pela cerimônia, César Retrão, se desagradou com o fato de os noivos, Antônio Eliwelton Rodrigues da Silva e Brenda Jamille, terem escolhido dois cães como pajens, e encerrou a cerimônia sem conceder a bênção final.

Segundo relato de Antônio ao portal G1, após a entrada dos cachorros com as alianças, o pároco mudou de humor e classificou o ocorrido como “o cúmulo”, surpreendendo o casal. O líder religioso pediu então aos noivos e padrinhos que assinassem os papéis necessários e logo deixou a igreja, sem nem dizer o tradicional “eu vos declaro marido e mulher” e promover o aguardado beijo dos recém-casados.

– A bênção final, a parte mais esperada do casamento não aconteceu, pois ele saiu do local logo depois da gente assinar os papéis. Aí ficamos lá, constrangidos – contou Antônio, que também explicou ter pagado antecipadamente uma taxa R$ 310 pela realização da cerimônia.

Segundo o noivo, ele e sua parceira tinham pedido autorização prévia ao secretário paroquial para a entrada dos cães na igreja.

– Para evitar qualquer imprevisto perguntamos para o secretário paroquial se tinha algum problema. Ele afirmou que não tinha nenhum problema, pois o padre não iria achar inconveniente. Ficou um clima ruim demais. Na hora que os cães entraram, ele disse que era inaceitável, um cúmulo dois cachorros entrarem com alianças e estarem ali naquele ambiente – prosseguiu o noivo.

Cerimônia ocorreu em Nova Olinda Foto: Arquivo Pessoal

Contatada, a Diocese de Crato informou que promoverá uma reunião para avaliar o caso junto ao bispo e do Colégio dos Consultores e só então se pronunciará sobre o ocorrido.

INSTITUTO LILICA
Os cães Scooby e Pipoca, responsáveis por levar as alianças, não são os únicos especiais na vida do casal Antônio e Brenda. Os recém-casados possuem um instituto focado em cuidar de animais desabrigados. No momento, a organização beneficia 130 cachorros e 40 gatos.

Scooby foi resgatado pelo instituto após ser atropelado e ter uma das patas feridas. Já Pipoca foi encontrada em um terreno baldio com uma doença que a deixou temporariamente cega. Ambos receberam tratamentos veterinários por vários meses e se recuperaram.

– São animais e têm sentimentos. Acho que merecem respeito – avaliou Antônio.

Leia também1 Atriz Marnie Schulenburg morre aos 37 anos em Nova Jérsei
2 Deezer Day 2022 premia os destaques da música gospel
3 Com frio, repórter de afiliada da Globo usa cobertor ao vivo
4 Influenciadora é expulsa de Uber e desabafa: "Desesperador"
5 Globo demite chefe citado em denúncia do MP contra delegado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.