Leia também:
X STM decide manter prisão de major que elogiou Bolsonaro

Operação no RJ deixa 25 mortos; PM diz que 15 são criminosos

Agentes teriam sido atacados a tiros quando iniciavam uma operação que tinha como objetivo prender chefes de facção criminosa

Paulo Moura - 24/05/2022 08h13 | atualizado em 25/05/2022 12h46

Viaturas da Polícia Militar durante operação nesta terça Foto: Reprodução/TV Globo

Ao menos 24 pessoas morreram durante uma operação realizada na Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro, que começou na madrugada desta terça-feira (24). De acordo com a Polícia Militar (PM), 15 dos mortos seriam criminosos. Uma moradora da região morreu após ser vítima de bala perdida.

Durante a manhã, a corporação informou que 11 pessoas haviam morrido na ação. A operação foi encerrada por volta de 16h40, o que levou o número a ser atualizado.

A PM informou que agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram atacados a tiros quando iniciavam uma “operação emergencial” que tinha como objetivo prender chefes da facção criminosa Comando Vermelho, que estariam escondidos no local.

De acordo com a polícia, lideranças da facção em outras favelas do Rio — como Jacarezinho, Mangueira, Providência e Salgueiro (São Gonçalo) e até de estados do Norte e do Nordeste também estariam abrigados na Penha. Um helicóptero blindado da PM deu apoio aos agentes em terra.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a moradora que foi alvo da bala perdida estava na Chatuba, comunidade vizinha da Vila Cruzeiro, quando foi atingida. Por causa da operação, a Secretaria Municipal de Educação informou que 11 escolas da região estão fechadas. Ao todo, policiais apreenderam nove fuzis, quatro pistolas e uma granada.

Leia também1 STM decide manter prisão de major que elogiou Bolsonaro
2 Governo faz terceira troca na presidência da Petrobras
3 Narrador diz que torcedores do Flamengo são duros e favelados
4 Anvisa sugere distanciamento para adiar a chegada da varíola
5 Após Doria desistir, Aécio diz que PSDB deve ter candidato

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.