Leia também:
X Reprovação aos ministros do STF cresce e vai a 33%, diz Datafolha

Na capital paulista, nove ônibus são alvo de vandalismo

Os atos de violência ocorreram nas Zonas Sul e Leste

Pleno.News - 12/07/2021 15h50 | atualizado em 12/07/2021 18h36

Ônibus ficou atravessado na Ponte do Socorro após ato de vandalismo Foto: Reprodução/ TV Globo

No início da manhã desta segunda-feira (12), nove ônibus foram alvo de vandalismo, nas Zonas Sul e Leste da capital paulista.

Segundo informações da SPtrans, na Zona Leste, por volta de 8h20, o ônibus de prefixo 31.156 (linha 2582/10) teve os pneus furados, a correia partida, a chave retirada e ficou atravessado na via por intervenção de um grupo de manifestantes.

No mesmo local, outro ônibus, de prefixo 48.481 (linha 3539/10), teve os pneus furados, a chave retirada e foi atravessado na pista. Ambos foram retirados da via e o trânsito foi liberado por volta das 9h40. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a SPTrans, às 7h15, um grupo de manifestantes abordou o operador do ônibus de prefixo 31.289 (linha 3301/10), na avenida São Miguel, esvaziou dois pneus do coletivo e estacionou-o de forma atravessada na pista, levando a chave do veículo.

A situação obrigou o desvio de 24 linhas na região. Os desvios foram desativados às 9h05.

No bairro de Itaquera, às 6h20 o ônibus de prefixo 31.104 (linha 3686/10) teve o vidro traseiro depredado e foi levado para a garagem.

Na avenida Sapopemba, o coletivo de prefixo 52.129 (linha 5142/10), após ter sido depredado, teve a correia do motor cortada e os pneus rasgados por um grupo de manifestantes, e foi estacionado de forma atravessada na pista, obstruindo o viário no sentido centro. O fato ocorreu às 5h40.

Nesse mesmo horário, em outro ponto da Zona Leste, os coletivos de prefixo 41.477, 41.594 e 41.479 foram depredados e, por isso, tiveram de ser recolhidos à garagem.

Na Zona Sul, às 5h15, outro grupo abordou o ônibus de prefixo 73.880 (linha 675K-10) e cortou a correia do motor, deixando o coletivo atravessado na via, obstruindo totalmente o viário. Houve a tentativa também de atear fogo no coletivo, mas os motoristas conseguiram impedir que o fogo se espalhasse. A operação de 62 linhas de ônibus ficou prejudicada até as 6h.

Por meio de nota, a SPTrans disse que repudia atos de vandalismo e que a Polícia Militar e a equipe de fiscalização da SPTrans foram acionadas e estão nos locais.

Leia também1 Prefeito de Duque de Caxias tem alta após internação por Covid
2 Pesquisa: 99,3% das escolas suspenderam aulas presenciais
3 Pacientes com Covid-19 morrem após queda de energia em UTI
4 Criança de 4 anos morre após ser baleada em briga de vizinhos
5 Polícia realiza a maior apreensão de drogas da história do país

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.