Leia também:
X Ceará: Trabalhadores mandam recado a governador petista

Vereador detona Kalil: ‘Escolas fechadas e prostíbulos abertos’

Nikolas Ferreira criticou o prefeito de Belo Horizonte pelas medidas de lockdown

Henrique Gimenes - 21/02/2021 18h46 | atualizado em 22/02/2021 13h39

Nikolas Ferreira detona Kalil: ‘Prostíbulos abertos e escolas fechadas’ Foto: Arte/Pleno.News

Durante uma sessão na Câmara Municipal de Belho Horizonte (MG), o vereador Nikolas Ferreira (PRTB) “detonou” o prefeito da cidade, Alexandre Kalil, pelas medidas lockdown. Nikolas questionou o fato de os prostíbulos da cidade estarem funcionando normalmente, mas as escolas seguirem fechadas.

– É uma questão de prioridade: os prostíbulos aqui, de Belo Horizonte, estão abertos, mas as escolas estão fechadas. A gente vê ônibus lotados, mas a escola não pode ter o seu distanciamento, ter os seus protocolos […] – apontou Nikolas.

Ele então citou alguns órgão que “recomendam a abertura segura das escolas” e apontou a UNICEF, a UNESCO e a OMS, a Sociedade Brasileira de Pediatria e a ONU.

– Se você utiliza a máscara, faz distanciamento social e obedece à OMS, por que também não obedece à recomendação para a volta das escolas? Eu já visitei algumas escolas públicas que realmente não possuem condição de volta. Mas não possuem condição de volta para a pandemia, e sim para nada – apontou.

Por fim, Nikolas Ferreira fez críticas diretas ao prefeito.

– Infelizmente, a Prefeitura virou uma monarquia onde, de manhã, o Kalil acha que é rei e, de tarde, ele tem certeza. É muito ruim ser eleito e muitas vezes olhar para o eleitor, para as pessoas [a] que você deve consideração e falar: “Estamos tentando, mas depende tudo do prefeito” – destacou Nikolas.

Leia também1 Weber envia à PGR acusação contra Bolsonaro por cloroquina
2 Fique em casa? Dani Calabresa e Porchat viajam para Punta Cana
3 Bolsonaro detona politicagem com vírus: "Máscara está caindo"
4 Fraudes no auxílio prejudicaram mais de 20 mil pessoas, diz PF
5 Aliados apelam para Sérgio Moro concorrer à Presidência em 2022

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.