CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Ministro afirma que não existe barragem segura no Brasil

Necrópsia revela a causa da morte de modelo na SPFW

Tales Cotta morreu enquanto desfilava, no dia 27 de abril

Gabriela Doria - 23/05/2019 17h59 | atualizado em 23/05/2019 19h10

O laudo da perícia apontou que o modelo Tales Cotta, que morreu enquanto desfilava na São Paulo Fashion Week, em abril deste ano, sofria de uma doença no coração que não tinha sido diagnosticada. De acordo com os peritos, a cardiopatia causou um edema pulmonar agudo que levou o modelo à morte. O rapaz tinha 25 anos e desfilava pela grife Ocksa.

Ainda de acordo com os exames, não foram detectados álcool ou drogas no organismo do modelo.

Descartada a hipótese de intoxicação exógena aguda (vide resultado do exame toxicológico acima) e que a causa da morte não pode ser estabelecida, esta, provavelmente ocorreu devido a um edema agudo pulmonar secundário a uma cardiopatia prévia não diagnosticada – diz um trecho do laudo necroscópico.

Esta informação será anexada ao inquérito que investiga a morte de Tales. No entanto, como não há indícios de crime, o caso deve ser considerado um fatalidade e arquivado.

Leia também1 Modelo brasileiro morre após desmaiar em desfile da SPFW
2 Flordelis repudia desfile de crianças para adoção no MT
3 Corpo de Caroline Bittencourt é encontrado no litoral de SP

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo