Najila Trindade é indiciada por denúncia contra Neymar

Modelo deve responder por fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão

Pleno.News - 10/09/2019 14h12

Najila Trindade acusou o atacante Neymar de estupro Foto: Reprodução

A Polícia Civil de São Paulo concluiu dois inquéritos que investigam a acusação de estupro feita contra o jogador Neymar. Após o procedimento, a delegada Juliana Lopes Bussaco, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher da capital paulista, decidiu indiciar Najila Trindade, que acusou o atleta pelo crime, e o ex-marido dela Estivens Alves.

Najila vai responder pelo crime de fraude processual. Além disso, a polícia disse que, após o esclarecimento do caso, a autoridade decidiu pelo indiciamento de Najila nos crimes de denúncia caluniosa e extorsão. Estivens também vai responder por fraude processual, por ter divulgado material com conteúdo erótico de Najila para um repórter em troca de publicações na internet.

O advogado de Najila, Cosme Araújo, se disse surpreso pelo indiciamento, mas ressaltou que ainda não teve acesso ao relatório da delegada e não sabe os elementos e as provas que há nele.

LEIA TAMBÉM+ Flordelis é procurada pela polícia, mas não é encontrada
+ STF arquiva inquérito contra Renan Calheiros e Barbalho
+ RJ: Família procura parente que desapareceu em hospital


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo