Leia também:
X PM é abordado por bandidos e morto na frente de sua casa

Muzema: Construtora é alvo de investigação desde 2007

Companhia é suspeita de se envolver em litígios de terras em outros bairros do RJ

Jade Nunes - 17/04/2019 09h27 | atualizado em 17/04/2019 16h21

A empresa Gaucha New Construtora Consultoria Planejamento e Projetos Ltda, responsável pela construção dos dois prédios que desabaram na Muzema, no Itanhanguá, é alvo de investigações desde 2007. A companhia é suspeita de se envolver em litígios de terras em outros bairros do Rio controlados por milícias.

A empreiteira foi acusada, em um dos processos, de ocupar e lotear um terreno em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, sem autorização dos proprietários. Policiais e bombeiros compraram os lotes.

Segundo os proprietários do terreno, informa o jornal O Globo, a área na Rua Severino das Chagas foi colocada à venda em 2006. Logo depois, um homem apareceu dizendo que queria comprá-lo. No ano seguinte, no entanto, sem que o pagamento tivesse sido efetuado, os donos descobriram que o terreno já tinha sido dividido em lotes e vendido.

– Algumas construções chegaram a ser erguidas. Entramos na Justiça e conseguimos interromper e recuperar a propriedade – detalhou a dona, que não quis ser identificada.

Leia também1 PM é abordado por bandidos e morto na frente de sua casa
2 Feridos em ação com 80 tiros no RJ seguem hospitalizados
3 Passou perto! Meteoro cai na costa do Rio Grande do Sul

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.