Leia também:
X Aluna se defende após rebater professora esquerdista

Músico morreu com nove dos 83 tiros feitos pelo Exército

Caso aconteceu no último dia 7 no Rio de Janeiro

Camille Dornelles - 01/05/2019 10h35 | atualizado em 01/05/2019 10h36

Músico Evaldo dos Santos Rosa Foto: Reprodução

De acordo com o inquérito da Polícia Militar e do Exército, o músico Evaldo dos Santos Rosa foi atingido por nove dos 83 tiros que acertaram seu veículo.

Todos os disparos o acertaram nas costas, dois chegando até sua cabeça e outros sete perfurando a região do tórax.

O músico de 51 anos faleceu no último dia 7 em um incidente no bairro de Guadalupe, Zona Norte do Rio de Janeiro. Junto com o motorista estavam sua esposa, o filho de 7 anos, o sogro de Evaldo e uma amiga da família.

Eles seguiam para uma festa de chá de bebê. O sogro ficou ferido e um pedestre, o catador de papel Luciano Macedo, de 28 anos, também morreu.

Nove militares envolvidos no caso seguem presos. Eles afirmaram que teriam confundido o carro da família com o de criminosos.

 

Leia também1 80 tiros: MP Militar pede a soltura de nove envolvidos
2 Morre pedestre ferido em ação com 80 tiros pelo Exército
3 Flávio Bolsonaro denuncia "fake news" do jornal O Globo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.