Leia também:
X STF forma maioria a favor da obrigatoriedade da vacina

Mulher será indenizada por ficar com cateter no corpo após cirurgia

Município de João Pessoa deve pagar R$ 30 mil

Ana Luiza Menezes - 17/12/2020 18h07 | atualizado em 17/12/2020 18h19

Hospital Santa Isabel, em João Pessoa Foto: PMJP/Divulgação

Uma mulher deverá ser indenizada por ter ficado com um cateter dentro do corpo depois de uma cirurgia a que foi submetida. O procedimento foi realizado no Hospital Santa Isabel, em João Pessoa.

Segundo informações do portal G1, o município de João Pessoa deve pagar R$ 30 mil de indenização. A decisão foi divulgada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, nesta quinta-feira (17).

Em sua sentença, a juíza Ivanoska Maria Esperia Gomes dos Santos, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital, considerou que “não merece maiores discussões a questão da responsabilidade da edilidade no erro médico aqui, em pauta, haja vista que imperícia de seu preposto (médico residente que tentou pulsionar a autora e, neste momento, houve quebra do cateter na veia subclava) foi fator determinante para ocasionar os danos sofridos pela autora, [o] que, sem sombra de dúvidas, colocou a vida do paciente em risco”.

A Secretaria Municipal de Saúde disse que o município ainda não foi intimado sobre a decisão.

Em 2016, a mulher recebeu acompanhamento médico no Hospital Santa Isabel, por conta de um problema na vesícula biliar. O cirurgião indicou uma operação para que a vesícula fosse retirada. O procedimento cirúrgico foi feito em 2018, mas, depois da intervenção, a paciente passou a ter convulsões e foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. Ela acabou sendo transferida para o Hospital de Trauma, onde exames apontaram que, na cirurgia feita no Hospital Santa Isabel, um cateter ficou dentro de seu corpo.

Leia também1 Pedófilo que aliciava crianças no Instagram é preso em flagrante
2 'Se Deus quiser', Rio começa a vacinar em janeiro, diz Paes
3 Chuva forte provoca estragos e deixa sete pessoas mortas em SC
4 Em contrato "histórico", governo acerta asfaltamento na BR-319
5 MP denuncia seis pela morte de João Alberto em Carrefour no RS

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.