Leia também:
X Alemanha não recomenda uso da vacina de Oxford em idosos

Mulher que deu à luz trigêmeos morre em SC após complicações

Camila Cassimiro da Conceição faleceu após sofrer complicação hemorrágica um dia após o parto

Paulo Moura - 28/01/2021 14h59 | atualizado em 28/01/2021 17h18

Mãe dos trigêmeos morreu após complicações Foto: Divulgação/Hospital Marieta

A mãe dos trigêmeos que nasceram na cidade de Itajaí, em Santa Catarina, na última terça-feira (26), morreu nesta quinta-feira (28) após sofrer complicações hemorrágicas e precisar passar por uma cirurgia de emergência. Camila Cassimiro da Conceição tinha de 32 anos e estava internada na UTI do Hospital Marieta Konder Bornhausen, também em Itajaí.

Camila não teve problemas no parto, mas, na quarta-feira (27), teve sangramentos e, por isso, precisou passar por uma cirurgia de emergência, que a fez ser levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A morte, segundo o hospital onde ela estava internada, aconteceu após uma piora clínica da paciente. A causa do óbito não foi divulgada. Os bebês Breno, Vitória e Valentina permanecem no hospital e estão saudáveis.

Além dos trigêmeos, Camila tinha mais quatro meninas, uma de 13, outra de 11 e mais duas de 3 anos. Com o nascimento de Vitória, Breno e Valentina, ela deixa sete filhos. Segundo a unidade de saúde, os três nasceram com 36 semanas e de parto cesariana.

A chegada dos recém-nascidos foi comemorada por ser considerada um caso raro na unidade de saúde. Segundo a assessoria do hospital, este é o primeiro caso de trigêmeos registrado em 2021. No ano passado, o hospital registrou apenas um caso trigemelar.

Leia também1 Alemanha não recomenda uso da vacina de Oxford em idosos
2 Marco Aurélio pede substituto que seja "à altura do Supremo"
3 Rio de Janeiro registra menor taxa de homicídios em 30 anos
4 ONG cristã envia 1000 cilindros de oxigênio para Manaus
5 Bolsonaro critica confinamento: "Nos leva para a miséria"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.