Leia também:
X Colégio pode ter que indenizar a comunidade LGBT em R$ 500 mil

Mulher pede pensão alimentícia ao ex para cuidar de cachorros

Ex-companheiro entrou com recurso contra a decisão do TJSP e processo está sob responsabilidade da Terceira Turma do STJ

Pleno.News - 09/05/2022 20h55 | atualizado em 10/05/2022 09h43

Mulher pede pensão alimentícia ao ex para cuidar de cachorros (Imagem ilustrativa) Foto: Pixabay

Uma mulher conseguiu o direito de receber uma pensão de R$ 500 mensais para cuidar dos cachorros que dividia com o ex-companheiro. A decisão é do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e surgiu após o fim da união estável entre a mulher e o homem. As informações são do Universa, do UOL.

O homem também foi condenado a pagar quase R$ 20 mil em despesas com os quatro animais que viviam com os dois. Ele entrou com recurso contra a decisão e o caso foi para o Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

O ministro Ricardo Villas Bôas Cueva, relator do caso no STJ, foi favorável à pensão. No entanto, a ação, que começou a ser analisada na última terça-feira (3), foi suspensa porque o ministro Marco Aurélio Belize pediu mais tempo para analisar o pedido.

Cueva defendeu que “ao adquirir durante a união estável os animais, o apelante contraiu para si o dever de, conjuntamente com a apelada, prover-lhes o necessário à subsistência digna até a morte ou alienação”. Porém, esse foi seu parecer individual.

Segundo uma nota do STJ, o homem alega que “não tem condições financeiras para arcar com a manutenção dos bichos, que ele entende não serem sujeitos de direitos”.

O processo está sob responsabilidade da Terceira Turma do STJ.

De acordo com o portal G1, o ex-casal tinha quatro cachorros.

Leia também1 Jovem suspeito de tentar roubar ex-delegado é preso
2 Mulher denuncia motorista da Uber que "não leva petistas"
3 Gabriel Monteiro mostra laudos e rebate acusações de pedofilia
4 Homem filmou ônibus de Conrado e Aleksandro em alta velocidade
5 Mulher dá à luz durante show da banda Metallica no Brasil

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.