Leia também:
X Presidente Bolsonaro indica Hélio de Oliveira para diretoria da Ancine

Mulher liga para PM e “marca” cabeleireiro para pedir socorro

Policiais perceberam tratar-se de um pedido de ajuda e enviaram agentes ao local

Thamirys Andrade - 10/12/2021 11h04 | atualizado em 10/12/2021 13h54

No Dia Internacional de Combate à Violência contra a mulher, campanha dá ênfase à violência verbal
Violência contra a mulher [imagem ilustrativa] Foto: Pixabay
Vítima de violência doméstica, uma moradora de Araçatuba, no interior de São Paulo, ligou para a Polícia Militar (número 190) nesta quinta-feira (9) e fingiu marcar um corte de cabelo para pedir socorro sem que o marido percebesse. Os agentes de Operações da PM entenderam que se tratava de um pedido de ajuda e enviaram uma viatura até a residência, no bairro São João.

Quando os policiais chegaram ao local, a mulher deixou a casa correndo e explicou que havia sofrido agressões e ameaças de morte por parte do parceiro. Ela tinha hematomas na face e foi encaminhada a um pronto-socorro.

Segundo informações do portal Metrópoles, o homem foi preso após confirmar à Polícia que havia agredido a mulher durante uma discussão. Ele já possuía antecedentes criminais por roubo, furto, tráfico de drogas e homicídio.

Leia também1 "Se for tirar a dor dos pais, me condenem", diz réu da Boate Kiss
2 Homem que adotou, acorrentou e estuprou duas crianças é solto
3 Rio: Eduardo Paes confirma queima de fogos no Réveillon
4 Minas, Paraná e Rio terão leilão de refugos dos Correios
5 Desaparecidos em Belford Roxo: Crianças morreram após tortura

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.