Leia também:
X Flávio Bolsonaro: “Deus nos salve de quem defende assassino”

Mulher é assassinada com foice em acampamento do MTST

Crime ocorreu no assentamento Zequinha Nunes, em Minas Gerais

Monique Mello - 26/06/2022 15h11 | atualizado em 27/06/2022 11h02

MTST em Minas Gerais Foto: Divulgação/MTST

Uma mulher foi morta com golpes de foice em um acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. O crime ocorreu na madrugada de sexta-feira (24).

De acordo com a Polícia Militar, a vítima chamava-se Edneia Ribeiro dos Santos, tinha 41 anos e mantinha um relacionamento com o autor, morando com ele por dois anos no assentamento Zequinha Nunes. Testemunhas relataram que as brigas entre o casal eram constantes.

Na noite do assassinato, houve mais uma briga e logo depois, Paulo, o autor do crime, deferiu golpes de foice em Edneia, conforme disseram moradores do local.

Em seguida, Paulo deixou a arma do crime no barraco onde morava e fugiu para uma mata localizada atrás do acampamento. Edneia foi socorrida, mas chegou sem vida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. O suspeito ainda não foi encontrado.

Leia também1 RJ: Segurança assassinado em shopping deixa filhos e netos
2 Andrea Fassina, jornalista da TV Justiça, morre após infarto
3 Flávio Bolsonaro: "Deus nos salve de quem defende assassino"
4 Wesley Safadão cancela shows devido a problemas de saúde
5 Mãe de menina impedida de abortar diz que filha foi exposta

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.