Leia também:
X Michel Temer diz ter sido quase intimado a se candidatar

Mulher cai em golpe de ‘namoro’ com ator e aciona Justiça

Golpista dizia que era Johnny Depp; vítima tenta reaver R$ 208 mil

Pleno.News - 05/10/2022 10h27 | atualizado em 05/10/2022 12h02

Ator Johnny Depp Foto: EFE/Julio César Rivas

Uma mulher de 61 anos, moradora de Osasco, na Grande São Paulo, entrou na Justiça para tentar reaver R$ 208,4 mil. Ela perdeu o dinheiro para um golpista que se passava pelo ator norte-americano Johnny Depp.

O caso foi divulgado pelo jornalista Rogério Gentile, do portal UOL, e confirmado pela reportagem do Estadão.

A idosa conta no processo que começou a conversar no Instagram com um perfil falso do ator e se “envolveu amorosamente” com o golpista. Uma pessoa que se passava por Johnny Depp teria começado a pedir dinheiro para pagar condenações judiciais. Na época, o ator respondia a um processo movido pela ex-mulher, Amber Heard, que o acusou de violência doméstica. O litígio ganhou contornos cinematográficos: as sessões de julgamento foram transmitidas ao vivo com a cobertura dos principais portais de entretenimento.

A defesa diz que a idosa vendeu o carro e a casa para ajudar o golpista. Os valores foram depositados em uma conta bancária apontada como sendo de um “amigo brasileiro” do advogado de Johnny Depp.

O processo é movido contra o Banco do Brasil. A idosa diz que a conta bancária foi “aberta fraudulentamente, facilitando a utilização por terceiros para aplicação do golpe”. Ela pede uma indenização por danos morais e materiais no mesmo valor perdido.

A juíza Clarissa Rodrigues Alves, da 4ª Vara Cível de São Paulo, negou o pedido. A decisão diz que a idosa não conseguiu comprovar que foi vítima de um golpe. Cabe recurso.

– Note-se que a autora anexou aos autos apenas e tão somente os comprovantes de transferência bancária, que por livre e espontânea vontade efetuou, mas não junta o tal perfil do Instagram que a enganou, as conversas que a fizeram ser ludibriada a vender carro e casa para ajudar o suposto fraudador – escreveu a juíza.

COM A PALAVRA, O BANCO DO BRASIL
O banco disse que “apenas se manifesta nos autos do processo sobre o caso”.

*AE

Leia também1 Heard contrata novos advogados para apelar contra Johnny Depp
2 Amber Heard vende casa para quitar parte da dívida com Depp
3 Juíza rejeita pedido de Amber Heard para anular veredito
4 Amber Heard pede anulação de julgamento a favor de Johnny Depp
5 Amber Heard pode ser excluída de todas as cenas de Aquaman 2

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.