Leia também:
X Doria pede que UE aceite pessoas vacinadas com a Coronavac

MPRJ irá pedir o bloqueio de bens de Jairinho e de Monique

A intenção é garantir que ambos paguem uma indenização ao pai do menino Henry Borel

Henrique Gimenes - 02/06/2021 15h01 | atualizado em 02/06/2021 16h52

Vereador Jairinho ao lado de Monique, mãe de Henry Borel Foto: Reprodução/Record TV

Após ser indiciado pela tortura do filho de uma ex-namorada, o vereador Dr. Jairinho terá mais um problema pela frente. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) pretende pedir o bloqueio dos bens do político e de sua namorada, Monique Medeiros.

Ambos são acusados pela morte do menino Henry Borel, de 4 anos de idade. Eles foram indiciados por homicídio duplamente qualificado e tortura.

O bloqueio dos bens de Jairinho e Monique tem por objetivo garantir o pagamento da indenização ao pai de Henry Borel, Leniel Borel.

O promotor pretende garantir que ele seja indenizado em pelo menos R$ 1,5 milhão.

Leia também1 Polícia indicia Dr. Jairinho e ex por tortura a outra criança
2 Cláudio Castro, governador do RJ sanciona Lei Henry Borel
3 Caso Henry: Câmara quer saber por que Jairinho acionou Castro
4 Alerj revoga medalha Tiradentes concedida a Dr. Jairinho
5 Papa Francisco envia carta em solidariedade ao pai de Henry

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.