Leia também:
X Bolsonaro sobre Lula: “Nunca mais vai roubar povo brasileiro”

MPF faz acordo com homens que incitaram “Bolsonaro no caixão”

Sete internautas de 24 a 28 anos publicaram mensagens contra à vida do presidente, no ano passado

Pleno.News - 22/09/2022 14h30 | atualizado em 22/09/2022 15h01

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

O Ministério Público Federal em Minas Gerais ofereceu uma espécie de acordo para sete jovens, de 24 a 28 anos, que publicaram mensagens no Twitter com incitação à prática de atos de violência contra a vida e a integridade física do presidente Jair Bolsonaro à época em que o chefe do Executivo visitou Uberlândia, em 2021.

A avaliação do procurador Cleber Eustáquio Neves foi a de que, com as mensagens, os internautas “livres e conscientemente”, praticaram o delito de incitação pública à prática de crime. Um dos tuítes que levaram à investigação registrava: “Bolsonaro em Udia amanhã … Alguém fecha virar herói nacional?”.

Ao grupo, foi ofertado uma transação penal, acordo em que o investigado aceita cumprir pena antecipada de multa ou restrição de direitos, para evitar responder a um processo. Tal tipo de oferta só cabe em casos de delitos de menor potencial ofensivo e se o suspeito for primário e com bons antecedentes.

As mensagens que levaram à proposta de transação penal foram identificadas pelo serviço de inteligência da Polícia Militar, a começar pelo comentário sobre “alguém virar herói nacional”. As outras publicações vieram em resposta a essa primeira:

– Só preciso da arma.

– BOLSONARO se vier a Uberlândia voltará pra casa num caixão, não é ameaça é comunicação.

– BOLSONARO em Uberlândia amanhã. Né possível que não tem um sniper nessa cidade. Aqui produz tanto maluco, um lúcido e armado, seria demais? Nunca te pedi nada @deus.

– Bom, faço um pix de 500 reais para quem quiser brincar de tiro ao alvo (e o alvo é o BOLSONARO) amanhã em Uberlândia.

– Um recado para os corajosos de plantão: BOLSONARO estará aqui em Uberlândia hoje, quinta-feira, então assim sabe, se quiser vir e pá…fazer e tals… concluir…terminar o que…sei lá né, fica a dica aí.

– BOLSONARO vindo pra Uberlândia, quem vai ser o esperto pra acertar a facada dessa vez.

À época em que as mensagens foram publicadas, a Polícia Federal chegou a intimar ao menos 25 pessoas sobre mensagens nas redes sociais que mencionavam Bolsonaro. A investigação foi aberta após comentário que citava uma visita do presidente à cidade e questionava se alguém gostaria de se tornar “herói nacional”.

*AE

Leia também1 TSE proíbe uso de imagens de Bolsonaro no funeral da rainha
2 Regina Duarte diz que rejeição a Bolsonaro é completa ignorância
3 Bolsonaro sobre Lula: "Nunca mais vai roubar povo brasileiro"
4 TSE proíbe Bolsonaro de usar discurso na ONU em campanha
5 Em editorial, Jovem Pan rebate acusações da Folha de São Paulo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.