Leia também:
X Justiça condena advogado que fez postagens contra Felipe Neto

MP pede que Flordelis e outros réus sejam levados a júri popular

Pedido para júri popular não foi feito para todos os réus do caso

Ana Luiza Menezes - 04/03/2021 21h50 | atualizado em 05/03/2021 10h03

Deputada federal Flordelis Foto: Câmara dos Deputados/Cleia Viana

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) pediu que a deputada federal Flordelis e outros oito réus sejam levados a juri popular, pela morte do pastor Anderson do Carmo, que era marido da parlamentar.

O pedido para júri popular não foi feito para todos os réus do caso. Segundo informações do portal G1, a solicitação do MPRJ está nas alegações finais no processo relativo à denúncia contra a deputada e outros dez réus acusados pelo homicídio.

Seis audiências do julgamento do caso já aconteceram. Foram ouvidas cerca de 30 testemunhas. Fora isso, os acusados também foram interrogados.

Anderson foi morto em junho de 2019. Flordelis virou ré em agosto de 2020.

Pelo homicídio triplamente qualificado do pastor, o MPRJ pediu para que sejam levados a júri popular a deputada Flordelis, seus filhos Simone dos Santos Rodrigues, Adriano dos Santos Rodrigues e Flávio dos Santos Rodrigues, sua filha afetiva Marzy Teixeira da Silva, sua neta Rayane dos Santos Oliveira, seu filho afetivo (e ex-genro) André Luiz de Oliveira, além de Marcos Siqueira Costa e a esposa dele, Andrea Santos Maia.

Na manifestação, o promotor Carlos Augusto Coelho Andrade apontou que não existem elementos suficientes para que Carlos Ubiraci Franciso da Silva e Lucas Cezar dos Santos de Souza, filhos não biológicos de Flordelis, sejam julgados.

Leia também1 Defesa de Flordelis apresenta recurso contra afastamento
2 Flordelis ficou quase 17 horas com tornozeleira sem bateria
3 Conselho de Ética notifica Daniel Silveira e Flordelis
4 Lira diz que pretende acionar o STF para definir caso Flordelis
5 Processos de Daniel Silveira e Flordelis já têm relatores

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.