Leia também:
X Bolsonaro: “O leite condensado é pra enfiar no r*** da imprensa”

MP do Amazonas pede a prisão do prefeito de Manaus

No pedido, órgão apontou o desvio de vacinas contra a Covid-19

Pleno.News - 27/01/2021 19h42 | atualizado em 27/01/2021 20h22

Prefeito de Manaus, David Almeida Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (27), o Ministério Público do Amazonas pediu a prisão preventiva do prefeito de Manaus, David Almeida, de sua secretária de Saúde, Shadia Fraxe, e ainda outras pessoas acusadas de furar a fila da vacina contra a Covid-19. Além disso, o órgão também pediu o afastamento do prefeito de cargo e medidas de busca e apreensão.

Para o MP, há indícios de que David Almeida cometeu crimes de falsidade ideológica e peculato. O órgão também apontou o crime de peculato para a secretária municipal de Saúde e para o assessor Djalma Pinheiro Coelho.

O órgão apontou uma suspeita de fraude na fila de prioridades da primeira fase da vacinação, que deveria compreender profissionais de saúde e indígenas. O MP também tratou de uma suspeita de desvio de doses da CoronaVac.

Outro ponto presente no pedido diz respeito à contratação de dez médicos, que deveriam ser contratados com o salário de R$ 9 mil para combater a Covid-19. Os profissionais, no entanto, foram nomeados como gerente de projetos.

O MP considerou que as contratações ocorreram “em evidente hipótese de beneficiamento do seleto grupo, composto por pessoas com ‘ligações políticas e econômico-financeiras de apoio político e eleitoral ao atual prefeito”.

O desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), encaminhou o pedido para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Leia também1 Ventiladores desenvolvidos pela USP ajudam hospitais do AM
2 Pazuello afirma que crise no AM foi 'situação desconhecida'
3 Fura-filas não terão 2ª dose da vacina, decide Justiça do AM
4 Pazuello: Manaus terá prioridade no recebimento da vacina
5 Justiça determina divulgação diária de vacinados em Manaus

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.